Propostas aceitas - XIX Congresso ABPI (outubro 2021)

TÍTULO DO SIMPÓSIO:

O lugar da palavra: história, política, sociedade em tradução

PROPONENTES:

Aislan Camargo Maciera (USP) - aislan@usp.br

Aline Fogaça dos Santos Reis e Silva (UFRGS) - alinefogacareis@gmail.com

Gesualdo Maffia - gesualdo.maffia@gmail.com

PROPOSTAS ACEITAS (comunicações orais / pôster)

QUANDO A TRADUÇÃO ACENDE UMA FAÍSCA: O CASO DE EM ALTO-MAR

Adriana Marcolini (doutora USP)

Sull’Oceano, de Edmondo De Amicis, é um exemplo de como o processo tradutório faz emergir não apenas o valor intrínseco da obra literária, mas também questões políticas e históricas. O lançamento de Em Alto-mar, em 2017, pela Editora Nova Alexandria em coedição com o Istituto Italiano di Cultura de São Paulo, com tradução de Adriana Marcolini, suscitou um vivo debate sobre a imigração italiana no Brasil, particularmente em relação às condições da travessia transoceânica – reflexo da situação precária dos imigrantes. Exemplos do debate são as resenhas na imprensa. Uma delas, assinada por Luiz Zanin Oricchio (O Estado de S. Paulo, 8/7/2017), questionou por que a obra permaneceu inédita no Brasil até 2017, embora seu lançamento na Itália datasse de 1889. A ausência de uma tradução brasileira já havia sido apontada por Lucia Wataghin em seu texto “Edições Brasileiras das obras de Edmondo De Amicis”, de 2016. A relevância atual das migrações contribui para a repercussão de Sull’Oceano não apenas no Brasil, mas também em outros países, como é o caso da Alemanha, onde o livro foi publicado em 2015. A importância que o romance adquiriu hoje vem de encontro às reflexões de Antonio Candido em Literatura e Sociedade, para quem “o público dá sentido e realidade à obra, e sem ele o autor não se realiza, pois ele é de certo modo o espelho que reflete a sua imagem enquanto criador” (CANDIDO, 2002, p. 38).

PALAVRAS-CHAVE: De Amicis, Imigração, Italiana, Imigrantes

REFERÊNCIAS:

CANDIDO, Antonio. Literatura e Sociedade. Estudos de Teoria e História Literária. São Paulo: T.A. Queiroz Editor, 2002.

DE AMICIS, Edmondo. Sull’Oceano. Prefazione di Giorgio Bertone. Reggio Emilia: Edizioni Diabasis, 2005.

______. Em Alto-Mar. Tradução de Adriana Marcolini. São Paulo: Nova Alexandria/Istituto Italiano di Cultura de São Paulo, 2017.

WATAGHIN, Lucia. Edições Brasileiras das obras de Edmondo De Amicis. Mutatis Mutandis. v. 9, n. 1, 2016, p. 42-52.