Propostas aceitas - XIX Congresso ABPI (outubro 2021)

TÍTULO DO SIMPÓSIO:

#italianoparatod@s: políticas, práticas e perspectivas do italiano no Brasil

PROPONENTES:

Cristiane Maria Campelo Lopes Landulfo de Sousa (UFBA) - cristianelandulfo@gmail.com

Daniela Aparecida Vieira (Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos (CIEJA) Perus I - São Paulo-SP) - daniela.apvieira@yahoo.com.br

PROPOSTAS ACEITAS (comunicações orais / pôster)

O LÚDICO E O ENSINO DE ITALIANO EM UM CONTEXTO DE ACOLHIMENTO: CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO PESSOAL E DOCENTE

Helena Bressan Carminati (doutoranda UFSC)
Daniela Bunn (docente UFSC)

O presente trabalho tem como objetivo compartilhar e revisitar a experiência vivenciada na disciplina de Estágio Supervisionado I, do curso de Letras Italiano, da Universidade Federal de Santa Catarina, ocorrida ao longo do ano de 2018. O Estágio foi realizado na Casa São José, uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, viabilizada e mantida pela Ação Social da Trindade, localizada no Bairro Serrinha, em Florianópolis/SC. A Casa acolhe crianças no contraturno escolar fornecendo reforço de disciplinas curriculares, alimentação e atividades culturais e sócio-educativas, numa parceria família-escola-ONG. Nesse contexto, mais especificamente com crianças entre 09 e 11 anos, desenvolveu-se o projeto intitulado O Lúdico e a Literatura no Ensino e Aprendizagem da Língua Italiana. Durante a realização do estágio nos propomos a alcançar alguns objetivos para além do trabalho com a língua e cultura italiana, tais como: colaborar no desenvolvimento integral das crianças que apresentavam realidades bem específicas, colaborar com os preceitos da inclusão social e acolhimento e aperfeiçoar a formação docente. Desse modo, atuamos de forma complementar na formação dessas crianças (e vice-versa), apresentando a língua italiana por meio do ensino lúdico (TEIXEIRA, 1995), do jogo (KISHIMOTO, 1994), priorizando os flashcards, os jogos de movimento a partir de uma concepção e visão de educação segundo Paulo Freire (FREIRE, 1997; BRANDÃO, 1985).

PALAVRAS-CHAVE: Lúdico, Ensino de italiano, Acolhimento, Inclusão Social

REFERÊNCIAS:

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é método Paulo Freire. São Paulo: Nova Cultural/Brasiliense, 1985.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa.  São Paulo: Paz e Terra, 1997.

KISHIMOTO, Tizuko M. O Jogo e a Educação Infantil. São Paulo: Pioneira, 1994.

TEIXEIRA, C. E. J. A Ludicidade na Escola. São Paulo: Loyola, 1995.